Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Nova antena da ESA e serviÁos do EUMETSAT jŠ garantiram 700 mil euros a empresas regionais, afirma Gui Menezes
INSERIDO EM 2017/12/12

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia destacou hoje, no âmbito dos investimentos do Governo dos Açores em projetos com base em tecnologias espaciais, a nova antena da Agência Espacial Europeia (ESA) que será instalada em Santa Maria.

Gui Menezes anunciou também a  instalação de uma estação de receção e emissão de dados para a nova constelação de satélites meteorológicos polares, no âmbito da Organização Europeia para a Exploração de Satélites Meteorológicos (EUMETSAT).

 

Gui Menezes adiantou que, com a entrada em funcionamento da nova antena da ESA e dos serviços da EUMETSAT, “estão garantidos contratos com empresas regionais no valor de 700 mil euros”, ou seja, com estes dois projetos, "só este ano, foi possível obter em contratos para o setor empresarial regional um retorno de 58% do total do valor despendido pela Região para o setor aeroespacial”.

 

O Secretário Regional, que falava na Assembleia Legislativa, na Horta, durante um debate sobre política de ciência, considerou estes projetos como “um importante contributo para o futuro AIR Center, no que respeita a estudos de observação da Terra e ao desenvolvimento de novos negócios ligados ao setor aeroespacial”.

 

Relativamente ao Centro de Investigação Internacional do Atlântico, que terá sede na ilha Terceira, Gui Menezes afirmou que “gostaria de tentar dissipar, de uma vez por todas, todas as dúvidas”, referindo que será “uma agência intergovernamental de investigação com base em várias infraestruturas já existentes, algumas nos Açores, e que contaram com investimentos do Governo Regional”, como, por exemplo, a Estação Geodésica Fundamental de Santa Maria da Rede Atlântica de Estações Geodinâmicas e Espaciais (RAEGE).

 

O governante lembrou que o AIR Center, uma iniciativa do Governo da República, foi “projetado para servir toda a comunidade internacional e orientado para o estudo do espaço, do oceano, da atmosfera, das alterações climáticas e da energia”, acrescentando que pretende envolver empresas, centros de investigação, universidades nacionais, europeias e americanas, incluindo as que têm programas específicos com Portugal, como é o caso do MIT e da Universidade do Texas.

 

O titular das pastas da Ciência e Tecnologia afirmou que o AIR Center surge nos Açores “por vários motivos”, destacando o facto de os vários governos regionais do PS terem “pensado mais à frente” e criado infraestruturas de índole espacial, bem como pela notoriedade que a Região ganhou em áreas de investigação de excelência, como as Ciências do Mar.

 

Considerando todas as reuniões realizadas, bem como os países e instituições envolvidos, o Secretário Regional apelou na sua intervenção para que “seja levado mais a sério este projeto e o esforço do Governo dos Açores e do Governo da República para a sua concretização”.

 

“Gostaria, de facto, que fossem desfeitos alguns preconceitos e que pudéssemos acreditar na boa fé das instituições envolvidas na criação, passo a passo, deste projeto, que poderá representar um forte contributo para o desenvolvimento económico e científico da nossa Região”, afirmou Gui Menezes.

   
 
Fonte : Gacs
A sua companhia neste dia de descanso ...
Sem fronteiras

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player