Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Empresas açorianas podem candidatar-se a projetos de desenvolvimento de serviços de observação da Terra
INSERIDO EM 2018/02/06

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, participa no projeto europeu Marine Earth Observation.

Foi já ançado no Jornal Oficial da União Europeia, um concurso público internacional para o desenvolvimento de serviços inovadores e não disponíveis no mercado, baseados no programa Copernicus, destinado a desenvolver serviços de informação com base em dados de observação terrestre.

 

As empresas interessadas podem apresentar propostas para as áreas temáticas da Segurança Marítima e da Monitorização Marinha, através de candidatura individual ou em consórcio, até 15 de março, através do portal da Direção Geral de Política do Mar, disponível em https://www.dgpm.mm.gov.pt/marine-eo-proposal.

 

A contratação de serviços será feita num esquema inovador de financiamento denominado ‘Pre-Commercial Procurement’, que se desenvolve em três fases, nomeadamente a apresentação de prova de conceito, validação de protótipo e testes em ambiente operacional.

 

Na primeira fase são selecionadas até um máximo de cinco empresas/consórcios por área temática, na segunda fase são selecionadas três empresas por área temática e na terceira e última fase são testados dois protótipos em cada uma das áreas.

 

As empresas terão ao seu dispor um valor de cerca de 3,4 milhões de euros.

 

“É expetável que este projeto permita aceder a novas tecnologias para a monitorização de áreas marinhas protegidas, identificação de movimentos anormais de navios e ainda para a monitorização de parâmetros bióticos e abióticos do mar dos Açores”, salientou o Diretor Regional da Ciência e Tecnologia, frisando que “têm particular relevância estratégica para a Região”.

 

Bruno Pacheco salientou ainda que os Açores foram designados como ‘Áreas de Interesse’, prevendo-se, por isso, que “alguns dos serviços sejam testados no arquipélago”.

 

O Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia assegurou, na fase de negociação, que as direções regionais das Pescas e dos Assuntos do Mar, bem como a Marinha Portuguesa, terão acesso gratuito às plataformas que venham a ser desenvolvidas na área temática da Monitorização Marinha, por um período de 10 anos.

 

Com um orçamento global de 4,4 milhões de euros, o Marine Earth Observation é coordenado pelo Centro Nacional para a Investigação Científica da Grécia – Demokritos e integra nove parceiros europeus, oriundos da Grécia, Portugal, Espanha e Noruega.

 

Os interessados podem obter mais informações na página do projeto na Internet, em https://marine-eo.eu/call-tender.

Fonte : Gacs
Música variada ... para retribuir a sua companhia    Asas do Atlântico   .... a sua rádio !
Playlist Asas

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player