Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Transporte aéreo de produtos entre os Açores e Lisboa continua muito limitado
INSERIDO EM 2018/02/21

Os deputados do PSD/Açores na Assembleia da República, Berta Cabral e António Ventura, consideram que a capacidade de transporte de carga aérea para a Região "tem sido muito limitada, criando dificuldades a diversos setores de produção e comercialização do arquipélago".

Nesse sentido, os social democratas questionaram o Ministro do Planeamento e das Infraestruturas sobre o ponto de situação da Resolução do Conselho de Ministros de 8 de setembro de 2016, no que concerne ao lançamento de concurso público de prestação de serviços aéreos regulares para o transporte de carga aérea e correio, em regime de concessão, na rota Lisboa/Terceira/Ponta Delgada/Lisboa ou Lisboa/Ponta Delgada/Terceira/Lisboa, pelo período de três anos.



Nas perguntas dirigidas a Pedro Marques, Berta Cabral e António Ventura querem saber, "enquanto não se concretizar o referido concurso, se o Governo pretende atuar para que seja disponibilizada uma maior capacidade de carga aérea entre os Açores e continente", adiantam.



Lembrando que os transportes aéreos nos Açores "são um meio fundamental para qualquer estratégia de comercialização com o exterior", António Ventura sublinha que "tem havido imensas dificuldades de expedição de carga para o continente, nomeadamente para produtos como os lácteos e cárnicos, oo o peixe e as próteas, que são confrontados com sucessivas faltas de espaço".



"Como é sabido, voam diariamente para os Açores a TAP, a SATA e uma companhia aérea de baixo custo sem capacidade de transportar carga", recorda o deputado, frisando que o Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, "possui a faculdade de subdelegação, e a competência para a prática de todos os atos necessários ao procedimento concursal que referimos, que tinha um montante máximo de 9,4 milhões de euros"



O social democrata volta a lembra que o anterior Governo da República, da responsabilidade do PSD e do CDS, "já tinha dado inicio a um procedimento público, com vista a colmatar estas lacunas no transporte de carga aérea entre os Açores e o continente".



António Ventura insiste que "é essencial que a Resolução do Conselho de Ministros de 8 de setembro de 2016 não caia em esquecimento", e recorda que "já tínhamos solicitado esse esclarecimento em maio de 2017, mas infelizmente, e uma vez mais, o Governo desrespeitou o Parlamento, ao ultrapassar os prazos regimentais de resposta previstos (30 dias)".



Os deputados do PSD/Açores em Lisboa declararam ainda que "já estamos habituados a que este Governo anuncie mais do que realiza, pelo que importa voltar a questionar e continuar a acompanhar este processo", dizem Berta Cabral e António Ventura.

Fonte : PSD/Açores
Música variada ... para retribuir a sua companhia    Asas do Atlântico   .... a sua rádio !
Playlist Asas

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player