Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Direções Regionais das Pescas dos Açores e da Madeira preparam safra de atum para este ano
INSERIDO EM 2018/03/09

O Diretor Regional das Pescas afirmou que a próxima safra de atum das embarcações açorianas que operam na Madeira "está a ser preparada com todo o cuidado” para que todas as questões logísticas sejam “devidamente asseguradas”.

Luís Rodrigues, que falava quarta-feira, no Machico, à margem de uma reunião com o Diretor Regional das Pescas do Governo da Madeira e com representantes da Associação de Produtores de Atum e Similares dos Açores (APASA), destacou a importância desta pescaria para o rendimento dos pescadores açorianos.

 

O Diretor Regional lembrou que a safra de atum das embarcações açorianas que operam em águas madeirenses rendeu 8,5 milhões de euros em 2017, acrescentando que para este ano está prevista a deslocação de cerca de duas dezenas de atuneiros à Madeira.

 

Um dos principais objetivos deste encontro foi garantir que as questões relacionadas com o abastecimento de combustível, a capacidade de conservação e de armazenamento, bem como a venda e o escoamento do atum, “são devidamente asseguradas”, frisou Luís Rodrigues.

 

O Diretor Regional destacou "o bom relacionamento e a cooperação” entre as duas regiões autónomas em matéria das pescas, lembrando que o Governo da Madeira autorizou no ano passado que mais barcos açorianos pudessem pescar atum em águas madeirenses.

 

No âmbito do protocolo entre os governos dos Açores e da Madeira, atuneiros açorianos podem pescar em águas madeirenses, sendo que as embarcações da Madeira que se dedicam à pesca de atum e de peixe espada preto também podem pescar em águas açorianas.

 

Na reunião realizada quarta-feira na Madeira, Luís Rodrigues apontou a necessidade de apostar na formação dos pescadores no que respeita a práticas de manuseamento a bordo como “uma forma de valorizar ainda mais o atum e atingir segmentos mais altos do mercado”.

 

A aquacultura foi outro tema debatido neste encontro, tendo o Diretor Regional defendido que, “agora que esta indústria está a arrancar nos Açores, é importante aproveitar a experiência da Madeira” nesta matéria.

 

Luís Rodrigues referiu ainda que as direções regionais das Pescas dos Açores e da Madeira pretendem acompanhar e implementar um conjunto de iniciativas orientadas para a diversificação da atividade da pesca, recorrendo ao projeto ORFISH.

 

Este projeto, que envolve as Regiões Ultraperiféricas da União Europeia, resulta de decisão estratégica para a sustentabilidade no âmbito da nova Política Comum de Pescas.

 

Esta reunião contou com a presença de duas dezenas de armadores açorianos.

Fonte : Gacs
Música variada ... para retribuir a sua companhia    Asas do Atlântico   .... a sua rádio !
Playlist Asas

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player