Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Vasco Cordeiro anuncia criação de serviço especializado em acolhimento familiar para crianças e jovens
INSERIDO EM 2018/04/04

O Presidente do Governo anunciou a criação de um serviço especializado em acolhimento familiar, que passa pela constituição de uma bolsa de famílias açorianas disponíveis para receber crianças e jovens, evitando, desta forma, a sua entrada em centros de acolhimento temporário.

“Este serviço especializado em acolhimento de crianças e jovens é algo que o Governo dos Açores quer colocar de pé e pode ser considerado, também, um desafio à nossa sociedade sobre a forma como podemos, enquanto Povo, dar este exemplo de solidariedade”, afirmou Vasco Cordeiro.

 

O Presidente do Governo falava terça-feira na visita ao Centro de Acolhimento Temporário da Obra Social Madre Maria Clara, que incluiu a assinatura de um contrato de cooperação para financiamento das obras de ampliação desta resposta social, um dos pontos do primeiro dia da visita estatutária à ilha do Pico.

 

Segundo disse, este serviço em acolhimento familiar passa, na prática, pela criação de um grupo de famílias açorianas que estejam disponíveis para, nos casos de decisão legal relacionada com a proteção dos menores, acolher estas crianças e jovens.

 

“Julgo que esta é uma ideia que pode nos fortalecer muito enquanto Região e enquanto Povo”, sublinhou o Presidente do Governo, ao adiantar que, com esta medida, pretende-se levar a outro patamar aquelas que são funções que os centros de acolhimento temporário já cumprem na Região.

 

No primeiro dia da visita ao Pico, Vasco Cordeiro destacou, por outro lado, o papel desempenhado pela Obra Social Madre Maria Clara, que constitui um exemplo entre vários dos que acontecem por todas as ilhas da Região, nas mais variadas valências de apoio social.

 

“Todas estas instituições são credoras de uma palavra de agradecimento da parte do Governo, desde logo, porque ajudam a fazer dos Açores aquilo que são hoje, uma terra em que, apesar de toda a vertigem do mundo moderno, ainda encontramos pessoas e instituições com disponibilidade e vocação para não deixar ninguém para trás”, destacou Vasco Cordeiro.

Fonte : Gacs
Recordar é viver

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player