Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Governo dos Açores implementa projeto que apoia a criação de novas empresas e ideias de negócio
INSERIDO EM 2018/04/24

O Vice-Presidente destacou hoje, em Ponta Delgada, a importância do novo projeto "Empreendo o Meu Negócio" implementado pelo Governo dos Açores para incentivar a concretização de novas ideias de negócio, através da formação inicial aos empreendedores, apoio à constituiç&at

“Este novo projeto que empreendemos visa assegurar três componentes essenciais ao desenvolvimento de uma empresa”, frisou Sérgio Ávila que hoje assinalou o final da primeira ação do "Empreendo o Meu Negócio", com uma visita à CRESAÇOR, onde decorreu a formação.

 

Tratam-se, precisou o governante, de “uma parte formativa, a seguir uma fase de apoio à implementação do negócio – mais seis meses – e uma terceira fase, com o apoio e acompanhamento do primeiro ano de atividade de uma empresa”.

 

“Não estamos neste projeto apenas a formar, estamos neste projeto também a criar um espaço de incubação onde as empresas surgem, as ideias surgem e onde no primeiro ano de atividade das empresas têm todo o apoio necessário para que tenham sucesso”, salientou Sérgio Ávila.

 

O titular da pasta da Competitividade Empresarial, sublinhou que este projeto ocorre “num contexto em que nos Açores estão a surgir três novas empresas por cada uma que fecha”, assistindo-se “a um grande incremento do investimento privado e de apresentação de candidaturas aos sistemas de incentivos”.

 

Essa realidade, frisou o Vice-Presidente, é potenciada pelo ecossistema criado na Região para o desenvolvimento de novas empresas e novos empresários, em alguns casos que estavam em situação de desemprego.

 

“Temos um sistema de incentivos que é, sem dúvida, o mais abrangente, intenso e generosos que há no contexto europeu, um conjunto de programas de apoio ao emprego que também são os mais abrangentes e com o maior volume de apoio que há no país e, em terceiro lugar, com mecanismos de apoio ao empreendedorismo que faz com que no primeiro ano de atividade, que é o maior desafio das novas empresas, tenham todo o apoio para que possam ter sucesso, se tiverem uma boa ideia”, afirmou Sérgio Ávila.

 

No encontro que manteve com os 18 participantes desta primeira formação, o governante alertou ainda para a importância de “saber ler o mercado, que é hoje cada vez mais global”, identificando as necessidades dos consumidores para escolher o negócio mais adequado e, consequentemente, garantir o seu sucesso.

 

Desenvolvido pela Vice-Presidência do Governo, em parceria com a CRESAÇOR, o ‘Empreendo o Meu Negócio’ destina-se, preferencialmente, a desempregados inscritos nas Agências para a Qualificação e Emprego, podendo ser extensível a alunos universitários de cursos de licenciatura, mestrado ou doutoramento que pretendam levar por diante a criação de uma empresa.

 

Podem também candidatar-se jovens inseridos em projetos da Direção Regional da Juventude com interesse em desenvolver uma atividade económica no âmbito das Indústrias Criativas, a empresários do ramo do artesanato que pretendam adquirir competências na área da gestão de empresas e a empresários de micro, pequenas e médias empresas que pretendam adquirir competências na área da gestão de empresas.

 

O novo projeto que sucede ao ‘Empreende Açores’ e que permitiu a criação de 25 novas empresas, prevê ainda candidaturas ao ‘Prémio Empreendo o Meu Negócio’ para os cinco melhores projetos apresentados em cada ação, no valor de 3.500 euros, e que integrará o capital das empresas a criar por promotores em situação de desemprego.

Fonte : Gacs
Recordar é viver

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player