Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Rui LuŪs afirma que descida dos indicadores da obesidade infantil revela contributo dos nutricionistas
INSERIDO EM 2018/07/03

O Secretário Regional da Saúde afirmou hoje, em Angra do Heroísmo, que a melhoria dos indicadores ao nível da obesidade infantil se deve em muito à presença de nutricionistas em todos os centros de saúde dos Açores.

“A dotação de nutricionistas, em 2009, nos Cuidados de Saúde Primários foi uma aposta do Governo Regional, inovadora no contexto nacional, com resultados em termos de saúde pública", frisou Rui Luís no final de uma reunião com a Bastonária da Ordem dos Nutricionistas, destacando as melhorias registadas em "alguns indicadores na área da obesidade infantil".

 

O Serviço Regional de Saúde conta atualmente com 30 nutricionistas, dos quais 18 nos cuidados de saúde primários e 12 nos hospitais, sendo a única região do país com cobertura total destes profissionais nos centros de saúde.

 

De acordo com os dados divulgados em maio do sistema de vigilância que analisa o estado nutricional infantil, COSI Portugal (Childhood Obesity Surveillance Initiative/Word Health Organization Regional Office for Europe), as prevalências de excesso de peso e de obesidade infantil diminuíram nos Açores entre 2008 e 2016.

 

Segundo o estudo realizado a nível nacional, a obesidade infantil foi mais prevalente nas crianças com oito anos, situando-se nos 31% nos Açores.

 

Para Rui Luís, o papel dos nutricionistas tem sido fundamental na abordagem à problemática da obesidade pela proximidade que têm com a população, salientando que há outras medidas a implementar com o contributo destes profissionais.

 

“Não são ainda estes os indicadores que gostaríamos de ter na Região, daí a implementação do Programa Regional para a Promoção da Alimentação Saudável, um programa para ter resultados a médio e longo prazo”, frisou o titular da pasta da Saúde.

 

Este programa, que esteve em consulta pública durante o mês de março, depois de ter sido validado pelo Conselho Regional de Saúde, prevê ações para implementar ao longo dos próximos anos.

 

“Há um conjunto de ações que iremos implementar ao nível da informação e promoção de hábitos de vida saudáveis, como o estímulo ao consumo de fruta e vegetais, de modo a melhorarmos a qualidade da alimentação“, adiantou Rui Luís.

 

O Programa Regional para a Promoção da Alimentação Saudável será articulado com outras entidades, entre as quais as secretarias regionais da Educação, da Agricultura e das Pescas.

 

Rui Luís adiantou que “a implementação deste programa irá determinar as necessidades de nutricionistas na Região nos próximos anos”.

Fonte : Gacs
Música variada ... para retribuir a sua companhia    Asas do Atlântico   .... a sua rádio !
Playlist Asas

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player