Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
PSD/Açores preocupado com atraso na nomeação do novo conselho de administração da SATA
INSERIDO EM 2018/08/09

António Vasco Viveiros, deputado e porta-voz do PSD/Açores para a Economia e Finanças, avança que empresa pública está
há três meses sem um conselho de administração a funcionar na plenitude.

António Teixeira foi indigitado pelo Governo para substituir Paulo Meneses a 14 de julho. No dia 23, o futuro novo administrador da transportadora aérea açoriana foi ouvido no parlamento. O relatório parlamentar sobre essa indigitação foi emitido no dia 27, data a partir da qual o novo conselho de administração podia e devia ser nomeado pelo executivo açoriano para que
possa entrar em funções.



No entanto, mesmo cumpridos os trâmites legais que antecedem a nomeação pelo Governo de um novo conselho de administração, “a verdade é que passado todo esse tempo não só o novo presidente não foi oficialmente nomeado como ainda não se conhecem os novos membros do conselho”, explica o deputado.



“A SATA continua efetivamente sem um conselho de administração, funcionando aparentemente em modo piloto automático há quase três meses”, reforça.



António Vasco Viveiros lembra que Paulo Meneses está ausente da SATA desde 22 de maio. Só 14 de julho o Governo regional assume publicamente, através da indigitação de António Teixeira, “o que todos, dentro e fora da empresa, há muito sabiam: que a ausência de Paulo Meneses era definitiva”.



O deputado considera que o atraso na entrada em funções do novo conselho de administração da SATA é “inconcebível”, ainda para mais tratando-se de uma empresa que teve prejuízos de 41 milhões de euros em 2017, que já no 1.º trimestre de 2018 teve prejuízos de 15 milhões de euros e que avalia uma proposta da Icelandair para compra de 49% do capital social da Azores Airlines.



“A absoluta ausência de responsabilidade na gestão do Grupo SATA, pela qual o presidente do Governo regional, Vasco Cordeiro, deve ser exclusivamente responsabilizado, preocupa-nos a todos, aos açorianos e ao PSD/Açores, uma vez que se trata de uma empresa que deu e tem muito para continuar a dar a todos nós, à coesão e à economia açoriana”, finaliza António Vasco Viveiros

Fonte : PSD/Açores
Recordar é viver

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player