Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Líder do PSD/Açores vê com "bons olhos" intenção de colaborar de Vasco Cordeiro mas está “farto”
INSERIDO EM 2018/10/02

O novo líder do PSD/Açores, Alexandre Gaudêncio, vê com “bons olhos” a intenção de colaboração manifestada pelo líder do PS regional e presidente do Governo Regional, mas está "farto de boas intenções”.

“Estamos agradecidos com esta visão. Estando à frente da liderança do partido, vemos com bons olhos esta intenção, mas de boas intenções estamos fartos”, declarou Alexandre Gaudêncio, à agência Lusa.

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, felicitou o novo líder do PSD/Açores pela sua eleição, declarando que da parte do executivo a postura é de "vontade de trabalhar" a "bem dos Açores".

"Do ponto de vista do Governo Regional, a postura é a de vontade de trabalhar, que seja tudo a bem dos Açores. É para isso que cá estamos", declarou Vasco Cordeiro, falando na ilha das Flores, no arranque de uma visita estatutária do executivo açoriano.

O governante falava à agência Lusa sobre a eleição de Alexandre Gaudêncio no passado sábado para líder do PSD/Açores.

Alexandre Gaudêncio declarou que se pretende, no partido, “acima de tudo, apresentar um projeto político credível alternativo à governação socialista”, estando convicto que o volte-face poderá “acontecer já em 2020”, altura das próximas legislativas regionais dos Açores.

O autarca da Ribeira Grande foi eleito, no sábado, líder dos sociais-democratas açorianos com 60,9% dos votos, enquanto o seu opositor, Pedro Nascimento Cabral, obteve 37,5%.

De acordo com indicações dadas pelo PSD nos Açores, nas eleições diretas para a liderança dos sociais-democratas da região participaram 2.820 militantes, o que constitui um aumento de 53,8% na afluência às urnas em relação ao ato eleitoral anterior.

Alexandre Gaudêncio obteve 1.716 votos e Pedro Nascimento Cabral alcançou 1.058, tendo-se registado ainda 46 votos brancos ou nulos.

O novo líder dos social-democratas dos Açores considera que a mudança está sustentada no desgaste dos "vários anos da governação socialista”, mais de duas décadas, e no facto de ser “abordado na rua por muita gente que quer a mudança, na qual precisa de acreditar”.

Alexandre Gaudêncio pretende renovar os órgãos do partido “indo buscar os melhores militantes, melhor preparados para estes momentos, havendo também pessoas que podem continuar ao lado de novos militantes”.

O dirigente admite que a estrutura regional do PSD/Açores sofreu com as várias derrotas eleitorais do partido liderado por Duarte Freitas e vai agora “localmente agir”, aproveitando a sua implantação concelhia “muito forte”.

Para o líder do PSD/Açores, há que dotar as estruturas locais dos instrumentos para que possam desempenhar as suas funções, fazendo, por exemplo, cumprir os estatutos do partido quando estabelecem que as concelhias devem reunir, pelo menos, duas vezes por ano, em plenário, com os seus militantes.

Fonte : Açoriano Oriental
Música variada ... para retribuir a sua companhia    Asas do Atlântico   .... a sua rádio !
Playlist Asas

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player