Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Execução de investimento no turismo preocupa Câmara do Comércio de Ponta Delgada
INSERIDO EM 2018/10/04

A Comissão Especializada do Turismo (CET) da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, mostrou-se preocupada com a “reduzida taxa de execução dos investimentos públicos” previstos para 2018 e a situação da Azores Airlines.

Em comunicado, a CET frisou que, “no 1º semestre [do ano], foram executados apenas cerca de 4,1 milhões de euros dos 14 milhões de euros previstos, ou seja 29,4% da dotação, valor bastante inferior à taxa de execução do plano naquela data, que era de 36,6%”.

A Comissão Especializada do Turismo (CET) da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada/Associação Empresarial das ilhas de São Miguel e Santa Maria considera que “é necessário alterar significativamente esta situação, uma vez que está em causa o futuro do setor, pois é no âmbito deste programa que são feitos os investimentos, designadamente na promoção, sustentabilidade e qualificação do destino Açores”.

No comunicado, o organismo demonstra também “forte preocupação” em relação à Azores Airlines, operação internacional da transportadora aérea regional SATA, devido “à indefinição que atravessa, às falhas de operação que tem continuado a registar e à sua fragilidade económica e financeira, que tem reflexos no turismo regional, que carece de operações regulares, fiáveis e competitivas”.

Recomenda assim que a companhia deve "optar por uma estratégia que privilegie os principais mercados tradicionais externos”.

A “indefinição sobre o futuro da Associação de Turismo dos Açores (ATA)” é, também, um motivo de preocupação para a comissão, que “entende que deve haver, com a máxima celeridade, a clarificação desta situação, com uma decisão que tenha em consideração a necessidade de que a promoção seja eficaz”.

Para a CET, a evolução do turismo na região é “satisfatória”, no entanto, a diminuição nas dormidas na hotelaria tradicional durante a época alta é motivo de “apreensão”, já que “pode evidenciar uma viragem no ciclo do turismo”.

Esta questão “exige reflexão e resposta atempada por parte das entidades competentes, para mais quando se perspetiva um aumento significativo da oferta de alojamento, quer na hotelaria tradicional, quer nas outras formas de alojamento”, considera a entidade, que evidencia “o problema da saturação de oferta, sem que a procura acompanhe na mesma medida” no mercado de rent-a-car.

A falência da transportadora Primera Air também mereceu atenção da comissão, que destaca o papel da companhia para a região no “mercado do norte da Europa”.

Na análise dos principais mercados, a CET destacou “a redução verificada nos mercados da Alemanha e do Canadá, bem como o crescimento dos mercados do Reino Unido e dos EUA”, tendo-se congratulado pela continuidade da operação da Delta nos Açores no próximo ano.

Fonte : Açoriano Oriental
Música variada ... para retribuir a sua companhia    Asas do Atlântico   .... a sua rádio !
Playlist Asas

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player