Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Moção de Vasco Cordeiro ao Congresso do PS/Açores pede novo afirmar da região
INSERIDO EM 2018/08/31

A moção de orientação política que o presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro, leva ao próximo congresso regional do partido assenta em três pilares fundamentais, sublinhando, entre outras matérias, a necessidade de "afirmar os Açores". 

O documento, a que a agência Lusa teve acesso, está dividido em três blocos: “Afirmar os Açores”, "Reforçar a Coesão” e “Qualificar a Democracia”.

No primeiro campo, é referido que o PS/Açores "não busca uma autonomia confortável, mas sim uma autonomia arrojada, feita de envolvimento, empenho e superação", e há várias medidas propostas, entre as quais a "adoção do voto eletrónico nas eleições para a Assembleia Legislativa da região" ou "a consagração do sistema de listas abertas, prevendo a possibilidade de o eleitor, além da escolha do partido, definir a ordenação de candidatos".

"De igual modo, no âmbito da atualização do figurino político institucional da Autonomia, o PS/Açores considera ser chegada a hora de extinguir o cargo de Representante da República, atribuindo as competências dessa entidade a órgãos regionais, criados ou a criar", é também sublinhado no texto.

A moção advoga ainda ser necessária a presença do Presidente do Governo dos Açores no Conselho de Ministros "sempre que aí sejam tratadas matérias que digam respeito ou sejam do interesse da região".

No campo "Reforçar a coesão", são elencadas matérias como a coesão económica, social, mas também o campo dos transportes.

Aí, é referido que os socialistas consideram "essencial uma reavaliação da operação de transporte aéreo no sentido de garantir uma maior disponibilidade de lugares em especial durante o chamado verão IATA, de forma a corresponder positivamente ao incremento da procura que se tem verificado, quer por parte de residentes, quer por parte dos turistas" que visitam a região autónoma.

No que refere ao bloco sobre "Qualificar a Democracia", a moção de orientação política sustenta que o PS/Açores "tem de agir com a consciência" que a "relação de confiança que construiu e mantém com os açorianos, não se renova apenas de quatro em quatro anos, por altura das eleições".

"Essa é uma relação que, diariamente, deve ser alimentada, reforçada, revitalizada e acarinhada", é referido, sendo também perspetivadas na moção as eleições - europeias e legislativas - previstas para 2019.

As eleições ao Parlamento Europeu "constituem um momento de afirmação dos Açores no âmbito europeu", sendo necessária "a afirmação de uma voz legitimada pelos açorianos, para ajudar a defender os interesses" da região "nesse espaço cada vez mais importante e determinante" para a "vida coletiva", lê-se na moção.

Nas eleições legislativas defendeu ser necessário "reforçar as condições para o trabalho que tem sido desenvolvido pelo Governo da República, também em benefício dos Açores e dos açorianos".

Vasco Cordeiro apresenta esta tarde em conferência de imprensa a moção de orientação política global ao XVII Congresso Regional do PS/Açores, a decorrer entre 14 e 16 de setembro na Praia da Vitória, ilha Terceira.

O socialista foi recentemente reeleito presidente do PS/Açores com perto de 98% dos votos.

Fonte : Açoriano Oriental
Música variada ... para retribuir a sua companhia    Asas do Atlântico   .... a sua rádio !
Playlist Asas

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player