Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Início | Clube | Rádio | Informação | Rally | Contatos
Parlamento Europeu para manutenÁ„o da taxa de cofinanciamento em 85/ para as RUP
INSERIDO EM 2019/02/15

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas manifestou a satisfação do Governo dos Açores com a aprovação pelo Parlamento Europeu da manutenção da taxa de cofinanciamento de 85% para as Regiões Ultraperiféricas.

“O Governo dos Açores congratula-se com a aprovação pelo Parlamento Europeu dos Regulamentos Gerais do próximo Quadro Financeiro, sobretudo porque o Parlamento Europeu votou para que a taxa de cofinanciamento fosse reposta em 85%” afirmou Rui Bettencourt, sublinhando a “enorme maioria” da votação, com 460 votos a favor e 170 contra.

 

O titular da pasta das Relações Externas referiu que os cortes previstos pela Comissão Europeia para a Política de Coesão para o período 2021-2027 previam a redução daquela taxa de 85% para 70%, “o que obrigaria a uma duplicação de fundos próprios das Regiões Ultraperiféricas, e dos Açores em particular, para aceder a fundos comunitários”, frisou.

 

“Desde a primeira hora e desde o início que a nossa estratégia foi muito clara e os Açores foram contra a passagem de 85% para 70% de cofinanciamento e depois também fomos muito claros na nossa escolha estratégica de alianças”, afirmou, salientando o trabalho de sensibilização que foi feito junto dos deputados europeus e o trabalho de influência junto do Comité das Regiões.

 

“Nós tivemos toda a nossa estratégia de uma maneira muito clara e fomos também muito antecipadores porque, desde o primeiro momento em que a proposta da Comissão foi apresentada, que tomamos uma posição claríssima em relação a essa questão”, reiterou o Secretário Regional.

 

Rui Bettencourt realçou ainda o facto de os Açores terem, de forma firme, sido “os primeiros a alertar para a necessidade de mudar as taxas de cofinanciamento” e, apesar desta ainda não ser a aprovação final, considerou que “agora as coisas são muito mais fáceis tendo o Parlamento Europeu do lado da posição que os Açores tomaram da reposição da taxa de cofinanciamento de 85%”.

 
Fonte : Gacs
Recordar é viver

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Santamariaazores
© Clube Asas do Atlântico - 2015
Todos os direitos reservados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player